Fale agora

Investimento Financeiro para Empresas: Qual é o melhor ?

investimento financeiro empresarial
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Índice

Assim como as pessoas físicas buscam aumentar seu dinheiro, as empresas possuem estratégias e necessidades específicas para ingressarem no investimento financeiro. 


Entenda detalhadamente como funciona, os principais tipos de investimentos, as principais empresas e as melhores práticas na hora de investir os ativos financeiros da sua empresa.

Como funciona os investimentos para empresas

Investimentos empresariais trabalham de forma similar a das pessoas físicas, tendo pequenas diferenças em alguns produtos e na forma de tributação.

 

 

A dinâmica do investimento é básica: você investe o dinheiro e recebe um percentual de juros dos ganhos da capital, sendo assim a sua empresa poderá investir em todos os tipos de títulos e ações que uma pessoas física pode.

 

 

A maior diferença é de onde vem o investimento, que no caso das empresas é aplicado uma reserva financeira ou o capital de giro, geralmente em uma corretora de valores em nome da empresa, que ganha o seu percentual em cima dos investimentos.

 

Assim a empresa consegue render o seu dinheiro e criar uma reserva de emergência para o futuro. 

 

 

Vamos explorar mais agora quais são os tipos de investimentos que você pode explorar em buscada rentabilidade perfeita.

Tipos de investimento financeiros

Separamos para você 6 modalidades de investimento que podem fortalecer o financeiro da sua empresa.

 

 

1. CDB

 

O CDB é uma das modalidades mais famosas de investimento, pois se trata da aplicação em renda fixa, trabalhando como um empréstimo para as instituições financeiras.

 

 

Sendo assim você geralmente terá uma liquidez diária do investimento e acesso a retirada do dinheiro a qualquer momento. Obviamente que existem títulos que possuem regras diferentes de resgate e vencimento de acordo com o seu emissor. 

 

De todas as modalidades é uma das mais seguras, pois ele conta com a cobertura do fundo garantidor de crédito.

 

 

2. Risco Sacado

 

Esta modalidade é uma das mais seguras e independentes que existem no mercado, pois você não precisa buscar empresas corretoras de investimento. 

 

 

Neste tipo você oferece a antecipação de recebíveis para a sua cadeia de fornecedores através do crédito que você possuí com o seu banco. Sendo assim você possuí seu capital de giro ou reserva financeira e coloca ela a disposição para antecipar pagamentos dos seus fornecedores com desconto, fazendo com que você receba um valor de rebate em cima dessas antecipações. 

 

 

O valor do rebate também fica a sua escolha, a empresa determina quanto você irá rentabilizar por antecipação.

 

 

3. LCI e LCA

 

Aqui possuímos outra modalidade de investimento seguro que é o investimento no crédito imobiliário (LCI) ou do agronegócio (LCA). Assim como o CDB cada modalidade determina suas regras de liquidez e rentabilidade e vencimento.

 

 

O grande revés desse tipo de investimento é a cobrança no imposto de renda, assim como o CDB, possuindo taxação regressiva o que deixa essa modalidade menos atraentes para as empresas.

 

 

4. Debêntures

 

As debêntures nada mais são do que títulos de divida emitidos por empresas, desta forma a sua empresa financia o desenvolvimento de outra,  geralmente do setor de infraestrutura. 

 

 

Por serem uma alternativa do crédito privado não são cobertas pelo fundo de crédito e possuem desconto de 15% no imposto de renda.

 

 

5. Ações
 

Basicamente as ações representam uma fração do capital social de uma empresa que é negociada na bolsa de valores. Desta forma você possuí duas formas de lucrar: valorização das ações e posterior venda ou distribuição de dividendos. 

 

 

Empresas que investem até R$20  mil mensais em ações não possuem isenção do imposto de renda, tributando em 15% operações comuns e 20% para day trade.

 

O maior potencial da renda variável é o potencial de retorno, porém o potencial dos riscos também é grande, por isso sempre é recomendado manter uma diversidade de carteira. 

 

 

6. Fundos de investimento

 

Aqui você investe os recursos da sua empresa em um fundo administrado por um gestor, sendo assim você compra cotas de um fundo.

 

Cada tipo de fundo possuí características próprias, sendo os principais de fundo imobiliário, ações, renda fixa, e etc.

 

 

Em relação a tributação no imposto de renda varia entre 15% e 22,5% dependendo o tipo de fundo, prazo e operação.

Principais tipos de empresas de investimento

Escolhemos para você também quais são as principais empresas que trabalham com investimento financeiro empresas e resumimos como elas funcionam:


1. Corretoras de valores


São empresas responsáveis por intermediar transações entre investidores e a compra e venda de valores. Oferecem também assessoria de investimentos para Day trade e Swing trade.


2. Grandes bancos

Possuem uma carteira de produtos específicos para investimento empresas em diversas modalidades de investimento. Esse fornecedor é o mais comum e conhecido por investir muito na divulgação dos seus produtos.


A maior diferença entre eles e os bancos menores é que possuem corretoras próprias para os auxiliar os seus clientes.


3. Pequenos e médios bancos


O principal diferencial entre esses bancos e os grandes bancos é a rentabilidade dos seus CDBs que tendem a possuir uma rentabilidade maior, pois possuem um risco maior de investimento também.


4. Fintechs

Uma novidade recente no mercado financeiro, os bancos digitais possuem como diferencial a rentabilidade do dinheiro em conta, que tem rendimento atrelado ao valor do CDI. Além da eliminação das burocracias dos bancos físicos. 


5. Fundos de investimentos

É uma modalidade de investimento e também de empresa de investimento, pois como já explicado temos uma empresa que administra a gestão dos investimentos, como um condomínio. É como você entregasse o investimento na mão de profissionais de investimento para tirarem a melhor rentabilidade dos seus investimentos.

Melhores práticas para o investimento financeiro empresarial

Para você entender as melhores práticas para o investimento empresarial é extremamente necessário você entender o perfil de investidor que a sua empresa está disposta a entrar. 

 

Para você se basear e encontrar esse perfil é necessário avaliar três critérios de investimentos:

 

Liquidez: trata-se da facilidade entre transformar os ativos em dinheiro sem gerar perdas. 

 

Rentabilidade: analisar o retorno do investimento e potencial rendimento do investimento

 

Risco: a probabilidade de não ter o retorno desejado no investimento. 

 

Existe também um outro ponto que deve ser analisado na hora de investir na bolsa de valores. Quando a sua empresa começa a possuir um retorno muito grande em ações, isso pode ocasionar para o Fisco uma confusão no objetivo da atividade-fim da sua empresa. 

 

 

Conclusão

Agradecemos pela sua leitura, esperamos que você esteja você tenha aprendido e tira dúvidas sobre o investimento financeiro nas empresas.

 

O mais importante é você analisar e encontrar o melhor tipo de investidor da sua empresa para poder saber objetivo empresarial com os investimentos, afim de traçar as melhores estratégias para alcançar as suas metas.

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook

Siga nossas mídias

Copyright 2021. Uma solução Finnet S/A.

Rua Pamplona, 145 - 1 andar